Renascidas para crescer

Renascidas para crescer

Renascidas para crescer

O júri do Prémio Excellens Oeconomia seleccionou cinco empresas resilientes que foram destruídas nos incêndios de Junho e Outubro de 2017, mas que se reergueram, superando dificuldades, para voltar a criar emprego e riqueza.

...

Tondela - Quinta da Freiria

Valouro não perdeu tempo

Nos incêndios de 15 de Outubro de 2017, o Centro de Incubação da Quinta da Freiria, foi consumido pelas chamas, um prejuízo de oito milhões de euros. "Os principais passos foram falar com as entidades que superintendem no sector da agricultura, a autarquia, e salvaguardar os postos de trabalho dos 47 funcionários", referiu José António dos Santos, presidente da Valouro.

Sublinhou o apoio das seguradoras, entidades financeiras e autarquias. "Todos os organismos públicos estiveram ao nosso lado para facilitar a vida à empresa". Prevê que no início de julho, o novo centro de incubação esteja a trabalhar, representando um investimento de 9 milhões de euros e com a tecnologia mais moderna e de ponta.

 

Ver notícia completa - https://www.jornaldenegocios.pt/negocios-iniciativas/premio-excellens-oeconomia/detalhe/renascidas-para-crescer

Jornal de Negócios - Portugal - 20/06/2018